O mergulho pode ser praticado o ano inteiro em Florianópolis, graças às boas condições de acesso. As águas claras e a rica fauna e flora marinha da região conquistam cada vez mais adeptos e já faz parte da rota desses exploradores naturais.

Pontos de Mergulho


Ilha do Xavier

Localizada em frente à Praia Mole, a ilha é comprida no sentido norte/sul e curta no sentido leste/oeste, ficando protegida do vento leste que, se for muito forte, pode bagunçar a água. A profundidade varia de cinco a 18 metros e o local pode apresentar correntezas fortes em alguns dias. Na ponta sul, um grande salão abriga muitos peixes. Ao lado da Ilha do Xavier há duas ilhotas de pedras com paredes que despencam 30 metros ou mais.

Ilha das Aranhas

Localizada entre as praias do Santinho e Moçambique, a Ilha das Aranhas é composta por duas ilhotas em formato de ‘L’, o que proporciona encontrar locais abrigados de todos os tipos de ventos. O local possui sete fendas que possibilitam mergulhos emocionantes. Os costões rochosos formam paredes íngremes onde mergulhadores experientes podem chegar até 30 metros de profundidade em alguns pontos, mas existem outros pontos mais rasos. A visibilidade destes locais varia muito, sendo a melhor condição com ondulação vinda do sul, que traz águas muito claras e um pouco mais quentes.

Ilha Mata-Fome

Localizada em frente à praia dos Ingleses, a Ilha Mata-Fome é ideal para iniciantes, pois tem pouca profundidade, por volta de doze metros. No local, há um ponto chamado de aquário, onde é possível observar muitos peixes coloridos e corais. Na sua ponta norte tem uma cordilheira de pedras que se estende até 18 metros de profundidade. Nessa localidade, a ondulação sul também gera uma melhor visibilidade. Porém, por ser uma ilha mais próxima da costa, em dias com grandes ondulações o mar pode ficar sujo e batido, tornando-se perigoso.

Naufrágio dos Ingleses

Também em frente à praia dos Ingleses, a não mais de 100 metros da praia, existe um barco pesqueiro naufragado que abriga muitos animais e grande quantidade de ouriços. É importante lembrar que para esse mergulho é necessário águas claras devido à grande quantidade de pontas de ferros, o que pode tornar-se perigoso com pouca visibilidade. Sua profundidade máxima é de sete metros e, geralmente, não necessita de embarcação. Não é recomendada a entrada no navio, pois lá existem muitas pontas de ferros e lama e qualquer descuido pode causar um acidente.

Fonte.