Moçambique

Como chegar?

Leste da Ilha, a 29 km do Centro, passando pela Lagoa da Conceição, Praia Mole e Barra da Lagoa, pela SC-406, com entrada pelo Parque Estadual do Rio Vermelho.

A Praia do Moçambique, chamada nos mapas mais antigos da Ilha de Santa Catarina de Praia Grande ou Praia da Lagoa (a atual denominação começou a ser usada a partir de 1850), tem 7,5 km de extensão e vai da Ponta das Aranhas até a divisa da Barra da Lagoa com o Parque Estadual do Rio Vermelho.

Normalmente, quem vai ao Moçambique busca o canto esquerdo da Praia, próximo à Ponta e às ilhas das Aranhas, onde quebram as melhores ondas para o surf.

É possível ir de carro até o local, por um caminho a partir do Parque do Rio Vernelho que chega até à praia. O mar é gelado por causa da Corrente das Malvinas, e a praia, como a Mole, tem a característica de tombo, ou seja, a profundidade aumenta consideravelmente poucos passos além da linha d’água.

As dunas que ligam o Moçambique ao Santinho e aos Ingleses são muito frequentadas por trilheiros, cavaleiros a passeio, e motoqueiros que sonham em disputar um Paris-Dacar. Não há comércio algum de alimentos ou de bebidas, por isso é melhor carregar tudo o que for consumir, lembrando sempre de levar de volta o lixo produzido.


Curiosidade

O nome da Praia do Moçambique tem origem nos pequenos moluscos (também chamados de marisco branco) encontrados facilmente no litoral brasileiro do Rio Grande do Sul ao Rio de Janeiro, usados como isca na pesca e na culinária típica (vinagrete ou sopas).




Galeria de Imagens


Serviços e Infraestrutura


Acessibilidade