Lagoa do Peri até Ribeirão da Ilha

Como chegar?

Do Centro ao Sul da Ilha, seguir em direção às Praias do Morro das Pedras e da Armação pela SC-406. Há placas indicando a entrada do Parque Municipal da Lagoa do Peri. Outra entrada é pela rua da Pousada Além do mar, depois da sede do parque.

Menos popular e habitada que a Lagoa da Conceição, ao Sul da Ilha está a Lagoa do Peri, localizada em parque municipal que protege seu entorno. Abastecida por riachos que brotam das encostas, a lagoa é fonte da água potável consumida pelos habitantes da região. Se for de carro, deixe estacionado gratuitamente na sede do parque. 

A trilha que leva do Peri ao Ribeirão da Ilha é uma das mais extensas. Tem desníveis acentuados que garantem emoção ao passeio e exigem um bom preparo físico. Começa às margens da Lagoa, passa pelo chamado Sertão do Peri e depois Sertão do Ribeirão, com descida íngreme que exige cuidado. Evite fazer a trilha à noite ou levar crianças.

É recomendada para quem tem experiência em caminhar na mata, já que há muitas bifurcações em direção a córregos e bananais. Vale a pena contratar um guia. O visual da lagoa, do mar e do casario colonial do Ribeirão compensam o suor.

Há ruínas de um engenho próximo à Lagoa, herança da colonização açoriana. Esse caminho era usado para ir à propriedade do Seo Chico. Personagem simbólico da Ilha, esse típico manezinho foi herdeiro do último engenho tradicional de farinha de mandioca e cana-de-açúcar (sua cachaça era famosa), que funcionou por mais de 200 anos sem energia elétrica, até 1996, quando Chico foi misteriosamente assassinado. A Rodovia SC-406, que leva ao Sul da Ilha pela Praia da Armação, ganhou seu nome, Francisco Thomaz dos Santos.

O que levar: Mochila pequena, Bota para caminhada (ou tênis antiderrapante), Boné, Protetor solar, Repelente, Cantil/água, Traje de banho, Câmera fotográfica

Locomoção – a pé

Duração do Passeio – 2 horas 

Dificuldade –  Pesado 

Percurso- 2.300 metros 





Serviços e Infraestrutura


Acessibilidade