Praia do Gravatá

Como chegar?

Início na Estrada Geral da Barra da Lagoa, na altura do antigo Latitude 27, mais ou menos na metade do caminho entre o Retiro da Lagoa e a Praia Mole. Uma placa da empresa Parapente Sul costuma indicar a entrada.

Escondida no costão entre as praias da Joaquina e Mole fica a Praia do Gravatá, acessível somente por trilha ou barco. O início fica na Estrada Geral da Barra da Lagoa, antes de chegar na Mole, mas apesar de o trajeto começar morro acima, o nível da caminhada é leve e não exige grande preparo físico. 

Gravatá é um tipo de planta que se espalha por toda essa região. No topo do morro, fica uma das rampas de salto de parapente da Ilha, de onde se tem uma vista belíssima da costa e das praias dos arredores.

Na Praia do Gravatá, há uma colônia de pescadores. Mas a principal atração, que passa despercebida da maioria dos visitantes, são as rochas alinhadas misteriosamente de tal forma que funcionam como um observatório astronômico primitivo, marcando equinócios e solstícios. Não se sabe exatamente quem as colocou ali, mas pesquisadores comprovaram que não estão lá por acaso, nem foi resultado da erosão natural.

O que levar: Boné, Protetor solar, Repelente, Cantil/água, Comida, Traje de banho, Toalha, Câmera fotográfica

Locomoção – a pé

Duração do Passeio – 30 minutos

Dificuldade – Leve

Percurso- 1.400 metros 




Galeria de Imagens


Serviços e Infraestrutura


Acessibilidade